Category

Sem categoria

Eleições 2018: a função de cada cargo

By | Sem categoria | No Comments

As eleições estão chegando e, por isso, é importante que saibamos a função que cada cargo irá exercer em nosso país. Assim, podemos votar com mais consciência e determinação.
Nesse ano, cinco cargos serão escolhidos: Presidente, Senador, Deputado Federal, Governador e Deputado Estadual. Então, vamos explicar sobre o que cada um desses é responsável.

Atribuições do Presidente da República:

Em suma as atribuições mais comuns do Presidente da República são de nomear Ministérios que irão criar os planos de governo, criar medidas provisórias para solucionar problemas que necessitam de rápida medidas (Ex: medida provisória criada que subsidiou o diesel diante a greve dos caminhoneiros).
Além disso, sancionam leis propostas pelo legislativo (também pode vetar total ou parcialmente). É claro que entre diversas outras coisas, o Presidente também participa de diversos eventos e encontros importantes para a Nação. Ele é o representante maior de nosso país.
É importante lembrarmos que todos os atos do Presidente ficam sob observância dos Deputados Federais e Senadores, que são os fiscalizadores desse representante.

Atribuições do Senador:

Uma função do Senador, por exemplo, é integrar as comissões do senado, que podem ser temporárias ou permanentes. Esse é o ambiente na casa legislativa em que se discutem problemas específicos – como economia, agricultura, segurança – e onde há um debate mais profundo em torno de projetos de lei, emendas constitucionais, etc.
Portanto, para entender se o seu candidato está ou não cumprindo o que prometeu defender, fique atento em quais dessas comissões ele está (se está), como ele vota, quais questões são levantadas por ele etc.
No Senado, as funções podem ser legislativas, fiscalizadoras, autorizativas, julgadoras, aprovadoras de autoridades, entre várias outras competências.

Atribuições do Deputado Federal:

A principal função do Deputado Federal é legislar. Cabe a ele propor, discutir e aprovar leis, que podem alterar até mesmo a Constituição. É também quem aprova ou não as medidas provisórias, propostas pelo presidente.
Além disso, outro papel do Deputado Federal é fiscalizar e controlar as ações do Poder Executivo. Para isso, conta com o Tribunal de Contas da União (TCU), órgão responsável por avaliar a aplicação dos recursos públicos. Do mesmo modo, podem solicitar informações a órgãos do governo e aos ministros, que são obrigados a prestar explicações.

São os Deputados Federais que aprovam o Orçamento da União, uma lei editada todos os anos pelo Executivo, onde são listadas as receitas e despesas do governo federal. Quando existem denúncias ou suspeitas de irregularidade, os deputados podem criar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), para investigar um tema ou situação específica. São eles também os únicos com poderes para autorizar a instauração de processo de impeachment contra o presidente da República, bem como o vice-presidente.

Atribuições do Governador:

O Governador representa o poder executivo na esfera dos estados e do distrito federal. É função do governador a direção da administração estadual e a representação do estado em suas relações jurídicas, políticas e administrativas, defendendo seus interesses junto à presidência e buscando investimentos e obras federais.

Atribuições do Deputado Estadual:

O deputado estadual é o representante do povo nas Assembleias Legislativas. Sua função principal é legislar, ou seja, fazer as leis dos estados, de acordo com o que está definido na Constituição Federal. Em especial, fiscaliza os atos do Governador.

Todos os cargos aqui explanados têm funções específicas e importantes. Então, o princípio de qualquer pessoa que ocupa um cargo eletivo é representar seu eleitorado, ou seja, as pessoas residem no Estado/País. Por isso, saber em que se está votando é fundamental para podermos exigir aquilo que foi prometido em campanha, com os princípios e compromissos que se firmaram durante esse período.
Agora que você sabe um pouco de cada cargo, vote com consciência! Escolha os candidatos que você entende serem competentes e fique sempre atento aos atos que praticam!